COMER COM OS OLHOS – Os canapés da linda mulher

por Ronaldo Victoria

Poucos filmes marcaram tanto uma década quanto “Uma Linda Mulher”.

É a cara dos anos 90, com sua história que já foi definida como uma versão moderna da Cinderela. Na época do lançamento, alguns críticos torceram o nariz, mas de nada adiantou. Com o tempo tornou-se um dos maiores clássicos da comédia romântica.

Os fãs crescem a cada geração e Julia Roberts, então uma atriz praticamente iniciante, virou uma estrela e foi indicada ao Oscar. Ela interpreta Vivian, uma jovem prostituta que faz pontos nas ruas de Hollywood.

Uma noite ela conhece o charmoso executivo Edward (Richard Gere), que a convida para ser seu par durante uma temporada de negócios.

Aí que entra um mundo novo para a moça, incluindo a alta gastronomia. O tema entra em “Uma Linda Mulher” de forma episódica mas marcante, como na cena em que Vivian se atrapalha toda com a pinça para comer escargot (claro que ela nem sabia de que se tratava).

Logo no começo, para mostrar o círculo elegante de Edward, aparece uma festa em que são servidos canapés especiais, que são o tema da receita que trago abaixo.

Canapés em foto do site Tastemade Brasil
Canapés em foto do site Tastemade Brasil

Uma Linda Mulher

Julia Roberts faz uma prostituta no filme

Título original: Pretty Woman

Estados Unidos, 1990

Direção: Garry Marshall

Elenco: Richard Gere, Julia Roberts, Hector Elizondo, Laura San Giacomo, Ralph Bellamy

Duração: 119 minutos – Gênero: romance

  • Filme 🍳🍳🍳🍳
  • Pratos 🍳🍳🍳🍳
  • Dificuldade em fazer os pratos 🍳🍳🍳🍳

Receita de canapés:

A receita foi criada pela chef Isadora Becker, do site Tastemade Brasil. Usa biscoitos coquetel como base, mas que podem ser substituídos por torradas. O efeito será sempre de primeira.

Ingredientes:

  • O casal já apaixonado na comédia romântica que fez muito sucesso

    ½ dente de alho sem o broto

  • 200g de azeitonas pretas sem caroço
  • 2 colheres de sopa de alcaparras
  • 3 anchovas em conserva
  • Suco de limão a gosto
  • Azeite de oliva a gosto
  • Pimenta preta a gosto
  • 250g de ricota em creme
  • 1 pacote de biscoitos coquetel
  • Manjerona

-Uma Linda Mulher, DVD especial de 15 anos do filme, R$ 15,90 na Livraria Cultura, aqui
Modo de preparo:

  1. Pique e amasse o alho com a faca. Pique bem as azeitonas, as alcaparras e as anchovas.
  2. Leve a uma tigela junto com o alho. Tempere aos poucos com suco de limão de acordo com sua preferência.
  3. Regue com azeite de oliva até que fique na consistência indicada no vídeo. Espalhar meia colher de chá de ricota cremosa em cada biscoito e dispense uma colher de café bem cheia em cima. Decore com uma folha de manjerona.

➡ Ronaldo Victoria é jornalista, fundador e editor do blog Cinema É Vida, onde comenta produções desde os pioneiros do cinema, os Irmãos Lumière, até lançamentos recentes.

*A foto em destaque é do site Rotten Tomatoes.
Anúncios

COMER COM OS OLHOS – O suflê de queijo de ‘Sabrina’

por Ronaldo Victoria

Nunca houve mulher como Audrey. Até hoje, a atriz Audrey Hepburn é sinônimo de classe e elegância no cinema mundial. Suas imagens, geralmente com pretinhos básicos de Givenchy (seu estilista favorito, que criava roupas especialmente para ela), são ícones de estilo.

Audrey também tinha bom gosto para escolher filmes. “Sabrina”, dirigido pelo grande Billy Wilder em 1954, é um exemplo. O filme pode até ser considerado uma versão de “A Gata Borralheira”, mas o talento com que conta essa trama faz toda a diferença.

Sabrina (Audrey), a heroína, é a filha do motorista da família Larabee. Bonitinha mas desajeitada, é apaixonada por David (William Holden), o irmão playboy da família, e ignorada por Linus (Humphrey Bogart), o irmão certinho da família Larabee.

Cena do filme 'Sabrina" em restaurante
Cena do filme ‘Sabrina” em restaurante

Até que ela decide passar dois anos em Paris, onde vai estudar o que? Gastronomia, claro.

Fazer algo simples e de grande efeito como um suflê de queijo, é uma de suas grandes provas. Mas a moça tira tudo de letra. Volta tão linda e sofisticada que nem os irmãos a reconhecem. O final é feliz, claro.

Audrey Hepburn, a estrela do filme 'Sabrina' (1954)
Audrey Hepburn, a estrela do filme ‘Sabrina’ (1954)

“Sabrina”

Título original: Sabrina

EUA, 1954

Direção: Billy Wilder

Elenco: Audrey Hepburn, Humphrey Bogart, William Holden, John Williams, Martha Hyer

Duração: 113 minutos – Gênero: comédia romântica

  • Filme 🍳🍳🍳🍳🍳
  • Pratos 🍳🍳🍳🍳🍳
  • Dificuldade em fazer os pratos 🍳🍳
Suflê de queijo, foto da revista Cláudia
Suflê de queijo, foto da revista Cláudia

Receita de soufflé

Em bom francês, se diz “soufflé”. É uma receita leve como dá a entender seu nome. Simples de fazer, demora só meia horinha para ficar pronta. E, melhor ainda, cada porção só tem em média 285 calorias. Então, saúde e viva Audrey! A receita está no site da revista Cláudia.

Ingredientes:

Audrey Hepburn como Sabrina
Audrey Hepburn como Sabrina
  • 3 ovos (claras e gemas separadas)
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 2 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 400 g queijo cottage
  • 3 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
  • 1 tablete de caldo de legumes
  • 1 pitada de fermento químico

Modo de preparo:

  1. Bata as claras em neve e reserve.
  2. Derreta a manteiga e acrescente a farinha diluída no leite.
  3. Mexa até engrossar.
  4. Desligue o fogo e adicione as gemas, uma a uma, mexendo após cada adição.
  5. Junte os queijos e o caldo de legumes.
  6. Misture bem e espere amornar.
  7. Incorpore delicadamente as claras em neve e o fermento.
  8. Despeje em uma forma untada e asse em forno alto (200 ºC a 220 ºC), preaquecido.

➡ Ronaldo Victoria é jornalista, fundador e editor do blog Cinema É Vida, onde comenta produções desde os pioneiros do cinema, os Irmãos Lumière, até lançamentos recentes.

COMER COM OS OLHOS – Na NET, ‘A 100 Passos de Um Sonho’

“A 100 Passos de Um Sonho”, filme abordado aqui na coluna COMER COM OS OLHOS, está com boa grade de horários e dias na NET agora em novembro e em dezembro.

Vale conferir e se programar (ou gravar), porque a história é boa e tem a oscarizada Helen Mirren no papel principal.

A resenha, o trailler e as considerações do jornalista Ronaldo Victoria sobre o filme: COMER COM OS OLHOS – Tradição, renovação e choque na cozinha

Telecine Touch 18/11/2016 17:45
Telecine Touch HD * 18/11/2016 17:45
Telecine Touch 27/11/2016 19:45
Telecine Touch HD * 27/11/2016 19:45
Telecine Touch 29/11/2016 15:55
Telecine Touch HD * 29/11/2016 15:55
Telecine Touch 04/12/2016 19:45
Telecine Touch HD * 04/12/2016 19:45
Telecine Touch 06/12/2016 15:55
Telecine Touch HD * 06/12/2016 15:55
Telecine Touch 11/12/2016 19:45
Telecine Touch HD * 11/12/2016 19:45
Telecine Touch 13/12/2016 15:55
Telecine Touch HD * 13/12/2016 15:55

RECEITA DE CHEF – Contrafilé argentino com Henrique Fogaça

Se tem receita que a gente quer, é de chef. Chef manda, a gente imita, copia, aprende.

Henrique Fogaça, chef e dono do Sal Gastronomia
Henrique Fogaça, chef e dono do Sal Gastronomia

O Carrefour abriu um canal para o Chef Carrefour e convidou alguns profissionais para fazerem alguns pratos.

O master chef Henrique Fogaça escolheu o contrafilé argentino, entre outras receitas. Veja só o vídeo e a receita, tintim por tintim, está aqui no post.

Você também pode ver no nosso canal do YouTube, aqui.

Contrafilé Argentino

  •   Rendimento: 4 pessoas
  •    Tempo: 50 minutos

Ingredientes

  • 800 g de Contrafilé Carrefour Selection
  • 1 kg de Batata Carrefour
  • 1 colher de Chá de Alho Dourado
  • 10 g de Sálvia Carrefour
  • 10 g de Alecrim
  • 40 g de Salsa Carrefour
  • 1 Pimenta Dedo de Moça
  • 1 Limão Garantia de Origem Carrefour
  • Azeite Carrefour a gosto
  • Sal Carrefour a gosto

Modo de preparo da Carne:

Tempere a carne com sal, leve para selar em uma frigideira quente com óleo. Doure por cerca de 2 minutos de cada lado ou até o ponto desejado.

Modo de preparo das Batatas:

Cozinhe as batatas com casca por cerca de 40 minutos, escorra as batatas e deixe esfriando. Depois quebre as batatas com as mãos rusticamente e frite em óleo bem quente até dourar. Acrescente o alecrim nos últimos 5 minutos de fritura.

Modo de preparo do molho Chimichurri:

Pique todas as ervas e a pimenta, adicione o alho dourado e finalize com suco de limão, sal e azeite.

Montando o prato:

Coloque as batatas no prato e cubra o Contrafilé Carrefour Selection com o molho Chimichurri e bom apetite!

COMER COM OS OLHOS – Receita para adoçar uma chef durona

por Ronaldo Victoria

Quase todas as críticas sobre “Sem” Reservas à época de seu lançamento (2007) destacaram que é muito agradável, mas previsível.

Pergunto: algum problema nisso?

Taça de vinho no centro da cena de "Sem Reservas"
Taça de vinho no centro da cena de “Sem Reservas” (site Rotten Tomatoes)

É uma história que se acompanha com muito interesse e isso não é  sempre que se tem.

COMER COM OS OLHOS – Um chef de muitos pitis à procura de redenção

A produção é uma adaptação para os Estados Unidos de um filme alemão de 2001, “Simplesmente Martha”. A profissão da personagem principal não é um detalhe, mas algo que define a história.

Catherine Zeta-Jones no papel de Martha
A beleza de Catherine Zeta-Jones se destaca na Martha que ela interpreta

No enredo original, Martha é uma chef de cozinha temperamental quase totalmente dedicada às suas panelas e receitas. Até que a irmã morre e ela precisa cuidar de uma sobrinha.

No filme, um chef gato interpretado por Aaron Eckhart
No filme, um chef gato interpretado por Aaron Eckhart

Ao mesmo tempo, encara a companhia de um italiano simpático que vai trabalhar no restaurante contra a vontade dela, claro.

Na versão para Hollywood, tudo ficou mais glamurizado.

A heroína, agora chamada Katie, ganhou o rosto e a beleza de Catherine Zeta-Jones. Ela é uma estressada chef de um restaurante elegante de Nova York e não tem tempo para mais nada.

Catherine e Abigail Breslin no "Sem Reservas"
Catherine e Abigail Breslin no “Sem Reservas”

A sobrinha agora é vivida pela gracinha Abigail Breslin, pouco antes de ser “Pequena Miss Sunshine”.

E o rival não é mais um italiano gordo e bonachão, mas sim Nicholas, que estudou gastronomia na Itália e é interpretado pelo bonitão Aaron Eckhart.

O casal romântico em um roteiro previsível. E daí? É bom
O casal romântico em um roteiro previsível. E daí? Prende a atenção

Claro que com o tempo os dois adoçam o coração da chef durona e a receita fica mais suave que a original, que tinha toques feministas.

Na direção, o australiano Scott Hicks, que dirigiu “Shine – Brilhante”, conduz tudo com mão segura.

E as receitas do filme são mesmo de dar ataques de gula.

“Sem Reservas”

Prato do filme "Sem Reservas"
Prato do filme “Sem Reservas”

Título original: “No Reservations”

Estados Unidos, 2007 – Colorido

Direção: Scott Hicks

Roteiro: Carol Fuchs

Elenco: Catherine Zeta-Jones, Aaron Eckhart, Abigail Breslin, Zoe Kravitz, Patricia Clarkson

Duração: 104 minutos – Gênero: romance

A receita de maior destaque de “Sem Reservas” é um Tiramisu, famosa sobremesa italiana, de dar água na boca dos espectadores. E, de quebra, adoça a vida protagonista.

Como receita escolhi uma versão de tiramisù que colhi no site M de Mulher):

Ingredientes:

  • 1 xícara (café) de rum
  • 2 xícaras (café) de café pronto
  • 1/3 de xícara de açúcar
  • 12 biscoitos do tipo champanhe quebrados ao meio
  • 3 ovos (claras e gemas separadas)
  • 200 g de mascarpone
  • 1 colher (sopa) de cacau em pó
  • 40 g de chocolate
Tiramussù, sobremesa italiana parte do enredo de "Sem Reservas" foto do blog M de Mulher
Tiramussù, sobremesa italiana parte do enredo de “Sem Reservas” foto do blog M de Mulher

Modo de fazer:

  1. Em uma panela pequena, aqueça o rum.
  2. Adicione o café e 1 colher (café) de açúcar, mexendo sempre.
  3. Banhe os biscoitos nessa mistura até ficarem bem encharcados. Reserve.
  4. Em uma tigela, misture as gemas com o restante do açúcar. Leve ao fogo em banho-maria, mexendo sempre, até dobrar de volume e obter um creme.
  5. Reserve. Bata as claras em neve e adicione ao creme.
  6. Acrescente o mascarpone e mexa delicadamente até obter uma espuma homogênea.
  7. Em taças, alterne camadas do creme e dos biscoitos molhados.
  8. Finalize cada uma com um pouco de cacau em pó e lascas de chocolate.

RECEITA – KitchenAid ensina a fazer tiramisù

➡ Ronaldo Victoria é jornalista, fundador e editor do blog Cinema É Vida, onde comenta produções desde os pioneiros do cinema, os Irmãos Lumière, até lançamentos recentes.

*Fotos do site de cinema Rotten Tomatoes,
da página do filme no Facebook e do
trailer do filme "Sem Reservas"

RECEITA DE CHEF – Cuscuz de galinha ao sabor de Fábio Vieira

O Dia Internacional do Chef continua com Fábio Vieira, do restaurante Micaela, situado no Jardim Paulista, zona sul de São Paulo.

Apaixonado por ingredientes e técnicas da cozinha brasileira, Fábio traz sua versão do cuscuz de galinha para Cozinha Brilhante.

O prato pode ser feito rapidamente, cerca de 15 a 20 minutos, e tem grau de dificuldade médio.

Receita de cuscuz de galinha (2 porções):

Ingredientes:

  • 1 xícara de galinha cozida e desfiada
  • 2 colheres de sopa de escalivada (pimentões tostados direto no fogo, um de cada cor e depois picados)
  • 1 tomate picado brunoise

    Chef Fábio Vieira, do restaurante Micaela
    Chef Fábio Vieira, do restaurante Micaela
  • ¼ de cebola roxa picada brunoise
  • Ciboulete a gosto
  • 2 copos de caldo de legumes
  • 1 colher (sopa) de azeitonas azapa picadas (azapa é um tipo de azeitona preta)
  • 1 dente de alho
  • Farinha de milho amarela (quanto baste para que fique cremoso, aproximadamente 1 xícara rasa)
  • 1 dose de cachaça
  • Azeite para refogar
  • ½ colher de sobremesa de colorau

Modo de preparo:

  1. Leve a uma panela o azeite, refogue o alho, em seguida a cebola e o colorau incorporando-o bem para que não suba quando colocar o caldo.
  2. Em seguida coloque os tomates, a escalivada e a galinha desfiada.
  3. Flambe com a cachaça e coloque as azeitonas. Coloque o caldo de legumes e deixe ferver por alguns minutos.
  4. Abaixe o fogo e vá acrescentando a farinha aos poucos, pois ao cozinhar obteremos um cuscuz cremoso e não firme.
  5. No Micaela, Fábio coloca um ovo perfeito em cima _foram cozidos em termocirculador a 63ºC por aproximadamente duas horas. Em casa, quem não tem o equipamento, pode usar ovos cozidos _ou como preferir.

Belisque:

COMER COM OS OLHOS – Receita de frango ao molho de chocolate

10 passos para se alimentar de maneira saudável

Para quem não conhece, antes de abrir e comandar o Micaela, Fábio Vieira trabalhou no Restaurante Hofmann de Barcelona – uma estrela no guia Michelin; chefiou a cozinha do Casa Maria Madalena, onde também desenvolveu o conceito dos pratos _o que o levou a ganhar destaque e boas avaliações nos principais veículos da imprensa nacional.

Tem passagem por outros importantes restaurantes de São Paulo como o D.O.M e Tordesilhas. Em 2014, Fábio foi eleito chef revelação pela edição especial Comer & Beber da Veja São Paulo.

Restaurante Micaela - rua José Maria Lisboa, 228 – (11) 3473-6849.
Horários de Funcionamento: De segunda à sexta: almoço 12h às 15h30
e também das 19h às 23h. Sábado: almoço 12h às 16h30 e também das
19h às 23h. Domingo: fechado.

DIA DO CHEF – Uma aula de Pici Aglione com Jeff Morais

Dia Internacional do Chef hoje! Nada melhor comemorar com a mão maravilhosa de Jeff Morais, que foi chef da CT Trattorie, badalado restaurante que ficava na Lagoa, Rio de Janeiro.

Jeff cozinhou exclusivamente para o blog parceiro vale mais um prato típico da Itália que ele faz para sua família:  o Pici Aglione.  No bom português, espaguete com camarões _e gigantes_  com molho de tomates.

Prato de Jeff Moraes: Espaguete com molho de tomate e camarões, ou Pici Aglioni
Prato de Jeff Morais: Espaguete com molho de tomate e camarões, ou Pici Aglione

A surpresa é que Jeff ensina tudinho tudinho, inclusive a fazer (isso mesmo) o espaguete _para o nosso fogão.

Ingredientes do espaguete de Jeff Morais
Ingredientes do espaguete de Jeff Morais

Jeff Morais estava morando na Itália quando o acaso o colocou de frente com o chef Claude Troisgros, um dos mais conhecidos e requisitados chefs do país. Dono da CT Trattorie e de outros restaurante estrelados do Rio, Troisgros convidou Jeff a voltar ao Brasil e tocar a tratoria, que tem cardápio italiano, claro.

E lá está ele, no comando de uma brigada de dezenas de pessoas que o ajudam no forno e no fogão.

Massa depois do descanso, pronta para virar espaguete
Massa depois do descanso, pronta para virar espaguete

Simpático, Jeff preparou um prato que é sucesso na Toscana _região que ele conhece bem, pois morou em Siena (UAU!). Esta receita é para duas pessoas.

Vamos lá ao espaguete grosso feito a mão, com molho de tomates, alho, sálvia e camarões, que na Itália é chamado de Pici Aglione.

Ingredientes:

Massa (4 porções):DSC_3817

Farinha de trigo – 125 gramas

Farinha de sêmola – 125 gramas

Água  – 125 ml

3 camarões gigantes

1 colher de sopa de salsa

4 colheres de sopa de azeite Extra Virgem

2 alhos laminados

Molho (2 porções)

Tomate pelati (sem casca) -125 gramas

Alho – 50 gramas

Azeite de Oliva – 125 ml

Sálvia – 1/4 de um maço

Parmesão – 30 gramas

Como preparar:

1 – Começando pela massa: misturar as farinhas com água aos poucos, fazendo um círculo e mexendo a massa no meio do círculo. Note que quando parar de grudar nas mãos, é o ponto de parar.

2 – Deixe descansar por 30 minutos em um canto quieto.

Enquanto isso… prepare o molho:

Misture tudo para juntar com o tomate
Misture tudo para juntar com o tomate

3 – Bata o alho cru com azeite e folhas de sálvia.

4 – Leve para o fogo e misture o tomate pelati.

5 – Se achar que precisa, corte a acidez do tomate com açúcar (só um poquinho). Use sal e pimenta a gosto (cuidado para não exagerar).

Mixer em ação no molho do espaguete
Mixer em ação no molho do espaguete

6 – Coloque tudo no mixer, porque vai ficar bem cremoso.

E agora que você já deu conta do molho, super fácil, voltemos ao espaguete:

7 – Corte a massa em partes pequenas e coloque sobre a mesa ou bancada onde você está trabalhando. Faça os rolinhos de espaguete, que em italiano são os pici (espaguete grosso).

Sal sem exagero para cozinhar a massa
Sal sem exagero para cozinhar a massa

8 – Cozinhe em água com sal. Fique de olho, não pode tirar ele ainda antes ou depois do ponto. A melhor hora de se tirar o espaguete é depois de experimentá-lo. Mas isso nem precisamos detalher, né?

Enquanto o espaguete está cozinhando, é o momento de preparar o camarão:

9 – Corte o alho em lâminas e “puxe” na frigideira com o azeite extra virgem e salsa com o camarão previamente limpo e cortado ao meio.

Coloque os camarões sobre o alho laminado
Coloque os camarões sobre o alho laminado e o cheiro verde
Coloque o molho na frigideira, sobre a massa e os camarões. Hum!
Coloque o molho na frigideira, sobre a massa e os camarões. Hum!

Não demora muito e você passa essa maravilha que vem do mar para o molho de tomate que acabou de fazer. Junte na frigideira mesmo!

Adicione a massa… Opa, prato pronto na panela!

O próximo e último passo é a…

Montagem do prato:

Coloque a massa delicadamente no centro do prato, de preferência fundo. Salteie com um pouco da água do cozimento e regue com azeite. Ah, não esquece de ralar o parmesão!

Bom apetite!

Post originalmente publicado no blog parceiro vale mais e adaptado para Cozinha Brilhante.

COMER COM OS OLHOS, RECEITA – Aprenda a fazer o famoso sanduíche cubano

por Ronaldo Victoria

Recentemente abordei aqui no blog Cozinha Brilhate a trajetória de um chef que deixa o restaurante para exercer seu talento nas ruas em um food truck.

Hoje trago aqui, pinçada do site Miolos Fritos, a receita de um sanduíche cubano, que é uma peça importante da história do filme.

Carne sendo preparada
Carne sendo preparada

E as fotos são resultado de um sanduíche cubano feito pelas mão do próprio Jon Favreau, diretor do filme, publicada s no Instagram dele com a receita em inglês (link no final do post).

Carne fatiada para o sanduíche
Carne fatiada para o sanduíche

Belisque: COMER COM OS OLHOS -A arte do recomeço na rua

Vamos lá…

Ingredientes:

Marinada

  • Raspas e suco de 1 laranja
  • Suco de 2 limões
  • 
2 dentes de alho picados
  • 1 punhado de coentro
  • 1 punhado de hortelã
  • 
1 pitada de cominho
  • 1 pitada de sal
  • Pimenta do reino (a gosto)
  • 1 talagada de azeite
Indo para o grill, hum!
Indo para o grill, hum!

Lanche

  • 1 baguete grande
  • Lombo de porco fatiado
  • Fatias de presunto
  • Manteiga
  • Queijo gruyère
  • Mostarda amarela
  • Picles

Modo de preparo

Marinada:

  1. Em uma tigela misture todos os ingredientes da marinada.
  2. Adicione o lombo fatiado e deixe na geladeira por no mínimo 30 minutos.
  3. Retire os bifes da marinada e leve a chapa quente para dourar dos dois lados.
  4. Se quiser, fatie a carne em tirinhas.
  5. Na mesma chapa quente leve as fatias de presunto e grelhe rapidamente dos dois lados.
Já são dois agora
Já são dois agora
14718202_1717998711857108_410638344247050240_n
Nova leva de carne tostando para os famosos sanduíches cubanos mostrados no filme “Chef”, de Jon Favreau

Montagem:

  1. Corte a baguete retirando as pontas, passe manteiga e leve na chapa para dar uma leve dourada.
  2. Passe mostarda na parte de dentro dos pães que foram douradas.
  3. Coloque as carnes, o queijo suíço, pepino fatiado, fatias de presunto e se quiser, mais mostarda!
  4. Coloque a parte de cima do pão.
  5. Besunte de manteiga dos dois lados e leve o lanche para a chapa e prense bem.
  6. Quando o pão estiver dourado e o queijo derretido, o seu cubano estará pronto!
Carne fatiada à espera da montagem de novos sanduíches cubanos
Carne fatiada à espera da montagem de novos sanduíches cubanos

Fontes: blog Miolos Fritos e Jon Favreau

➡ Ronaldo Victoria é jornalista, fundador e editor do blog Cinema É Vida, onde comenta produções desde os pioneiros do cinema, os Irmãos Lumière, até lançamentos recentes.

*Fotos de Jon Favreau.

COMER COM OS OLHOS – Tradição, renovação e choque na cozinha

por Ronaldo Victoria

“A 100 Passos de Um Sonho” é uma experiência agradável para quem curte gastronomia.

Não é nada espetacular em termos de cinema, mas certamente os produtores, Steven Spielberg e Oprah Winfrey, pensaram em proporcionar um entretenimento gostoso (nos dois sentidos) para a plateia. E conseguiram.

O roteiro fala de tradição e renovação. Ou de choque de culturas. Algo que vem atingindo também a gastronomia.

Para a direção foi chamado o sueco Lasse Hallstrom, que já abordou o tema principal em “Chocolate”, que comentei aqui nesta coluna recentemente.

A personagem interpretada por Helen Mirren é francesa e exigente
A personagem interpretada por Helen Mirren é francesa e exigente

Em “A 100 Passos”, temos, de um lado, a rígida Madame Mallory (feita pela inglesa Helen Mirren, oscarizada por “A Rainha”), francesa dona de um restaurante elegante que já teve melhores dias – ou receitas.

Cena do filme com o cozinheiro indiano
Cena do filme com o cozinheiro indiano

Pertinho, a 100 passos (a que se refere o título), se instala Hassan (Manish Dayal), indiano que deixou a terra natal em busca do sonho de vencer entre panelas.

A família do rapaz fugiu toda de Mumbai, por conta de incidentes políticos. Lá o pai dele (Om Puri) tinha um restaurante e a culinária, para eles mais que um hábito, é uma herança cultural a que o jovem se dedica.

O casal, já enamorado
O casal, já enamorado

A questão cresce ainda mais quando Hassan começa a namorar Marguerite (Charlotte LeBon), uma das cozinheiras do restaurante da madame.

O choque é inevitável. E logo a madame precisa entender que se ficar mantendo a pose vai perder tempo (e dinheiro).

O mundo mudou _é a conclusão a que ela chega. E aquele garoto pode ter muito a ensinar.

É a história que se acompanha com muito prazer, em que pese um certo esquematismo na definição dos personagens: a francesa tradicionalista e o indiano impulsivo.

São pequenos senões a uma produção que, de quebra, oferece lindas imagens do sul francês, onde tudo foi rodado, especialmente da cidadezinha Saint-Antonin-Noble-Val.

  • Peixe em preparação
    Peixe em preparação

    Filme 🍳🍳🍳

  • Pratos 🍳🍳🍳🍳🍳
  • Dificuldade em fazer os pratos 🍳🍳🍳🍳

“A 100 Passos de Um Sonho”

Título original: “The Hundred Foot Journey”

dvd-de-a-100-passos-de-um-sonho-na-cultura-r-2490-aqui-2
DVD de A 100 Passos de Um Sonho, na Cultura, R$ 24,90, aqui

EUA, 2014

Direção: Lasse Hallström

Roteiro: Steven Knight

Elenco: Helen Mirren, Manish Dayal, Om Puri, Charlotte LeBon, Clement Sibony

Duração: 123 minutos. Gênero: comédia dramática

➡ Ronaldo Victoria é jornalista, fundador e editor do blog Cinema É Vida, onde comenta produções desde os pioneiros do cinema, (Irmãos Lumière), até lançamentos recentes.

*Imagens da página do filme no Facebook e do próprio filme. Preços de 15 de setembro de 2016

COMER COM OS OLHOS – A arte do recomeço na rua

por Ronaldo Victoria

 “Chef” é um filme sobre uma tendência que veio para ficar na gastronomia: a comida de rua, ou “food truck”. Aqueles caminhões coloridíssimos onde se pode comer sanduíches transados ou pratos leves de forma descontraída ganham cada vez mais adeptos.

Prato que rola no filme "Chef"
Prato que rola no filme “Chef”

A produção fala sobre isso e o roteiro mostra que sair dos restaurantes representa uma forma de um chef voltar a acreditar no seu talento.

+ COMER COM OS OLHOS – Um chef de muitos pitis à procura de redenção

Isso porque Casper, o chef interpretado por Jon Favreau (também diretor), parece estar levando a carreira literalmente em banho-maria.

O chef. interpretado por Jon Dafron, em ação com seus assistentes
O chef. interpretado por Jon Fabreau , em ação com seus assistentes

Ele quer experimentar, criar novos pratos, mas o proprietário estressado (Dustin Hoffman) acha que em menu que está ganhando não se mexe.

Detalhe de massa aolho e óleo em foto na página oficilal do filme no Facebook
Detalhe de massa aolho e óleo em foto na página oficilal do filme no Facebook

A gota d´água acontece quando um crítico de gastronomia exigente demais, vivido por Oliver Platt, publica uma crítica péssima e desperta a fúria do chef. Resultado: demissão por justa causa.

A saída para sua vida surge quando bota o talento culinário na rua.

O demitido compra um furgão, claro.

COMER COM OS OLHOS – Receita de linguado com ovo confit e copa do chef Marcus Wearing

Cena do filme Chef, que, demitido de um retaurante, parte para um food truck
Cena do filme Chef, que, demitido de um retaurante, parte para um food truck

Conta com o apoio do filho e aproveita as raízes latinas do ex-esposa (Sofia Vergara) e do amigo Martin (John Leguizamo) para dar uma guinada no cardápio.

Cena do filme Chef
Cena do filme Chef com o ator John Leguizamo ao microfone

Agora Casper prepara deliciosos sanduíches latinos e faz seu novo público cair de boca (literalmente) no que considera exótico. E as receitas apresentadas no filme fazem salivar, como o sanduba cubano.

“Chef” não é nenhuma maravilha cinematográfica. Nem tem essa pretensão.

DVD do filme Chef, R$ 19,90 na Livraria Cultura, aqui
DVD do filme Chef, R$ 19,90 na Livraria Cultura, aqui

A história é esquemática, parece um conto de fadas com o velho embate entre comércio e criatividade. Mas é leve e diverte.

Foi uma nova experiência bem-sucedida de Favreau, o diretor que transformou a franquia “O Homem de Ferro”. Por isso, conta com o auxílio luxuoso de Robert Downey Jr. e Scarlett Johansson, a quem dirigiu na série, em pequenos papéis. Para quem pode!

  • Filme 🍳🍳🍳
  • Pratos 🍳🍳🍳🍳
  • Dificuldade em fazer os pratos 🍳🍳🍳
Blu-ray do filme Chef, R$ 41,99 na Americanas, aqui, e no Submarino, aqui
Blu-ray do filme Chef, R$ 41,99 na Americanas, aqui, e no Submarino, aqui

“Chef”

Título original: Chef

Estados Unidos, Colorido

Direção e roteiro: Jon Favreau

Elenco: Jon Favreau, John Leguizamo, Sofia Vergara, Dustin Hoffman, Oliver Platt, Scarlett Johansson, Robert Downey Jr.

Duração: 114 minutos, Gênero: comédia

➡ Ronaldo Victoria é jornalista, fundador e editor do blog Cinema É Vida, onde comenta produções desde os pioneiros do cinema, os Irmãos Lumière, até lançamentos recentes.

Cozinha Brilhante não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos em sites e lojas. Preços de 17 de agosto de 2016