RECEITA – Da fritadeira saem espetinhos de linguiça

Uma comida saudável é tudo o que a gente busca. Inclusive nos espetinhos. A Mondial, fabricante de eletrodomésticos, dá a dica de como fazer um espetinho de linguiça em sua fritadeira.

Claro que pode ser de outra marca, se você já tem a sua. No final do post, links para compras de fritadeiras elétricas. Costumo usar bastante um modelo de outra marca na casa de familiares. E sempre dá certo!

Receita de espetinhos de linguiça:

Ingredientes para 4 porções:

  • 4 linguiças toscanas frescas
  • 2 pimentões cortados em quadrados (ficam mais bonitos coloridos: verde, amarelo ou vermelho)
  • 1 cebola cortada em cubos grandes
  • Sal grosso e pimenta do reino a gosto
  • 2 colheres de sopa de azeite para pincelar
  • Espetos de madeira para churrasco
Fritadeira Mondial Air Fryer Digital Premium AF-02 – Branco, R$ 409,90 no Ponto Frio, e você pode retirar na loja eliminando o frete, aqui

Modo de Preparo:

  1. Pré-aqueça a fritadeira Air Fryer Mondial. Gire o timer para 5 minutos e programe a temperatura para 200 graus. Quando a máquina atingir a temperatura ideal a luz verde se apagará.
  2. Corte as linguiças em rodelas grossas com cerca de 2 centímetros. Depois tempere tudo com sal grosso e a pimenta do reino. Monte os espetinhos intercalando rodelas de linguiça, pimentão e cebola até finalizar todos os ingredientes. Deixe os espetos com cerca de 12 cm para caber na cesta da fritadeira. Corte o espeto excedente com uma tesoura de cozinha. Pincele com o azeite e reserve.
  3. Arrume os espetinhos na cesta da fritadeira. Programe o timer para 20 minutos.
  4. Após o término transfira para uma travessa e sirva.

Dica: Use pedaços de bacon (para quem come), tomate ou outros legumes na montagem dos espetinhos.

Onde comprar fritadeiras:

Fast Shop – Ponto Frio – Ricardo Eletro

» Cozinha Brilhante não se responsabiliza por
alterações de preços e ausência de produtos nas
lojas e sites, assim como por links inexistentes
ou inválidos. Preços pesquisados em 15 de junho
de 2017 não incluem frete.

NAVEGAR É PRECISO – A granola solar de Rita Taraborelli

Cozinha é uma aventura. Coisa que Rita Taraborelli sabe muito bem. Hoje Cozinha Brilhante traz o relato de como a multi-talentosa e jovem chef preparou sua receita Granola do Sol em um forno solar.

Granola do Sol feita em forno solar por Rita Taraborelli
Granola do Sol feita em forno solar por Rita Taraborelli

Uau! Você já viu um?

Para quem ainda não sabe, Rita não só cozinha: desenvolve receitas, escreve livros, bloga, desenha, pinta, ilustra livros, costura e arruma tempo para praticar yoga.

Rita vive se aventurando além-cozinha: há pouco foi ao México fazer suas pesquisas culinárias. Isso fora tantas outras viagens Europa adentro.

Granola na mesa!
Granola na mesa!

Para esquentar o projeto do seu futuro livro “Paz, Amor e Granola”, que está em crowdfunding para ser editado em breve (detalhes mais abaixo), a chef Rita resolveu testar sua recente aquisição para uma de suas 30 receitas de granola que pretende estampar na sua próxima obra.

Cena do filme que explica seu projeto do novo livro
Cena do filme que explica projeto do novo livro

A chef Rita conta no seu site Prato de Papel e aqui como foi a experiência com o forno solar, que, instalado no quintal de sua casa em Sorocaba (SP), assou muito bem os ingredientes.

“Já faz um bom tempo que eu queria um forno deste e no fim do ano passado decidi investir, principalmente para poder desenvolver as receitas de granola com ele também.

Temos um desidratador elétrico Excalibur para desidratar flores, ervas e preparar receitas de culinária viva mas sempre questionei o seu uso excessivo de energia elétrica. Me incomoda, e lá no fundo da mente o forno solar pulsava.

A primeira receita cobaia foi a Granola do Sol que no fim deu super certo para uma primeira tentativa. Coloquei a granola para assar às 13h15 e até 16h fui mirando o sol. Assim que parei de buscar o sol deixei o preparo dentro do forno por mais meia hora.

Rita ao lado do forno solar no quintal de sua casa, em Sorocaba, no interior de São Paulo
Rita ao lado do forno solar no quintal de sua casa, em Sorocaba, no interior de São Paulo

É muito interessante pois a energia muda e o tempo se estende, é muito legal.

Ela dourou de leve e no fim deixou escapar um cheirinho irresistível do forno.

O sol é uma energia super poderosa e ainda pouco explorada na cozinha, até hoje o sol é mais usado para desidratar alimentos (que também é muito legal) mas o forno possibilita a maior concentração de calor para preparos mais complexos, não vejo a hora de fazer um pão fermentado!

A Granola do Sol foi servida com fatias de caqui maduro e um creme de manga:
* 1 manga madura
* suco de 1 limão-cravo
* 2 sementes de cardamomo sem casca

Para a granola procurei usar ingredientes que se relacionam bem com o sol, como amaranto, semente de girassol, óleo de coco, cúrcuma, semente de cacau e outros.

+ PRATO DE CHEF – Açaí com banana mais granola com energia de Rita Taraborelli 

Apesar de desenvolver as últimas receitas no forno solar, vale lembrar que elas também são aptas para o forno convencional.”

A Granola do Sol faz parte do livro “Paz, Amor e Granola”, projeto independente da Rita inédito em financiamento coletivo através do site Catarse. O livro tem 30 receitas de granolas _isso mesmo, só de granolas_ para se fazer em casa.

Será todo ilustrado e impresso em serigrafia em um processo completamente artesanal. Além da autora, uma equipe com vários profissionais está envolvida para fazer a obra acontecer.

Rita com seus livros
Rita com seus livros

Quem quiser financiar, tem contribuições a partir de R$ 25 para o livro digital e R$ 75 para o impresso (incluindo o envio). Há também contribuições de valores maiores que vão até R$ 6 mil _que incluem recompensas, como funciona o Catarse.

O prazo final para quem quer garantir o livro e ser financiador da Rita vai até o último segundo do dia 10 de abril, próximo domingo. Sedutor!

Aqui: www.catarse.me/granola

» Cozinha Brilhante não se responsabiliza por
alterações de preços e ausência de produtos nas
lojas e sites, assim como por links inexistentes
ou inválidos, tampouco por informações transmitidas
com incorreções.